Debulhando Marcelo

Chorei, não procurei esconder. Todos viram. Pena de mim, não precisava.

Ali, onde eu chorei, qualquer um chorava. Dar a volta por cima que eu dei, quero ver quem dava.

tumblr_inline_nv5z3e2vya1smz4ov_540

Marcelo Bimbi, tem a história de maior altos e baixos nessa edição da Fazenda.

O Bad Boy Patatá praticamente andou numa montanha russa de subidas e descidas, com direito a looping e ejeção de sua parceira de viagem. Vivendo seus dias de vilão e mocinho num micro espaço de tempo de vida no reality.

Pra começar, Marcelo já “nasceu” Fazendeiro.

Já no programa de estréia, o modelo se tronou o manda chuva da casa, ostentando seu chapéu de liderança sobre os outros moradores.

Com essa liderança precoce, foi nos apresentado o lado autoritário e bad boy do peão.

Existe uma enorme diferença entre ser um líder e ser um chefe. Marcelo foi chefe. Dando ordens, cultivando inimizades e transpassando uma latente vaidade com mais plumas que o pavão da Fazenda.

Repetindo a velha história do machão bad boy que vira vilão, com apenas uma semana de programa, Marcelo já era uma versão 2.0 do Diego Cristo.  Ganhando inimigos no reality e rejeição no público de casa.

Mas o que ele se esqueceu, é que depois de uma semana, o posto de Fazendeiro é igual a Jessica: Já acabou.

A partir dali, era um novo jogo que se reinicia. Levanta sacode a poeira e dá a volta por cima.

5nov2015-marcelo-bimbi-parece-nao-esta-confiante-em-voltar-da-roca-para-ele-o-publico-da-li-martins-e-mais-forte-o-publico-dela-e-um-pubico-teen-e-quem-fica-1446725620304_764x424

Na semana seguinte, já destronado do poder, Marcelo baixou um pouco sua vibe autoritária e nos mostrou seu lado predador.

Como um Neandertal das cavernas, o modelo bateu o tacape na cabeça da loira mais volumosa da casa e puxou Veridiana para seus braços.

Se Marcelo repetia os passos de Diego Cristo, nada mais justo do que fazer de Veri, a sua Lorena, com faíscas de amor bandido por todos os lados.

Marcelo ainda foi agraciado pelo destino com uma nova liderança, tendo a chance de novamente exalar testosterona pelos quatro cantos da fazenda, tamanha era a sua macheza perante aos seus colegas de confinamento.

O bad boy era o inimigo público numero um de quem assista ao reality em suas casas. Mas quis a sorte que ele vencesse a prova do Fazendeiro contra Mara e Edu K.

Mais uma semana de testosterona na casa.

Foi então a vez de Marcelo levar com o tacape na cabeça. Mas agora, de forma arrasadora para seu jogo.

Veridiana acabou na roça, e seguindo de lá, direto pra casa. Era o fim do casal do amor bandido.

Marcelo não é Anitta, mas desceu até o chão.

E um homem de moral, não fica no chão. Nem espera por alguém venha lhe dar a mão.

Reconhece a queda na perda de sua menina. Levanta sacode a poeira e dá a volta por cima.

veridiana

Com a saída de sua loira, Marcelo murchou. O machão que antes esbravejava, agora se encolhia pelos cantos.

Foi aí então que começou o caminho de sua redenção. O poder da liderança definitivamente fazia mal para o bad boy.

Marcelo precisava de humildade.

Tal qual Samara, Bimbi estava no fundo do poço e precisava de uma mão que lhe tirasse dali. Buscou em Mara uma dupla para se guiar num novo jogo.

O público curtiu, mas os dois não conseguiram se entender pra consolidar essa amizade. Mas ali, Marcelo já pincelava momentos de leveza, deixando pra tás as pinturas de guerra no rosto e seu jeito de bad boy.

O machão mostrou seu lado menino.

Um menino no chão, esperando por alguém que lhe desse a mão. Tentou ser o boy toy e fazer de Mara sua cafetina.

Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima.

img_20151024_162537255b1255d

Agora, Marcelo saboreia seu lado Patatá, ao lado de seu novo parceiro Patati. E é inegável que Bimbi vive seu melhor momento no jogo.

A dupla de palhaços está muito mais leve e brincalhona do que nos momentos de bad boys. Largaram as brigas pelo picadeiro, e andam transformando a Fazenda no seu circo de palhaçadas.

O público curtiu e Marcelo está crescendo muito em popularidade.

É curioso pensar que o bad boy carregava em suas costas, uma eliminação mais do que certa nas primeiras semanas, e o tempo acabou mostrando seu lado palhaço.

E tempo era um luxo que Marcelo não tinha, com a mira dos votos na sua cabeça.

Talvez por ser do Acre, o lado brincalhão do Marcelo tenha chegado atrasado no jogo. Mas já vejo muita gente no picadeiro esperando para aplaudir o palhaço ao final do espetáculo.

29out2015-marcelo-bimbi-se-diverte-imaginando-os-memes-de-mara-maravilha-na-internet-1446149621975_615x300

Marcelo desistiu de fazer o circo pegar fogo e aproveitou a lona montada pra mostrar parte do seu show.

Porque um verdadeiro homem desiste da guerra e veste a batina. Reconhece a queda e não desanima.

Levanta sacode a poeira e dá a volta por cima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s