Retrô BBB7 – Alemão 7×1

Eu sempre achei o BBB7 uma versão do BBB5 às avessas.

Fez tanto sucesso quanto o BBB5, teve a casa divida em grupo Dubem e grupo Dumal e a essência do programa foi quase a mesma. A diferença, porém, ficou no comando das ações.

Enquanto no BBB5, os mocinhos pegaram todas as lideranças, conseguindo manter seu grupo até o final, no BBB7, Alberto e seus parceiros conquistaram as lideranças, exterminando todo grupinho Dubem, restando apenas o campeão Alemão.

Tal qual a última copa do mundo, o BBB7 ficou marcado pelo grande confronto Brasil X Alemão

328_143-alemc3a3o

Diego Alemão era o típico malandro boa praça que o público da época adorava adotar como campeão.

Loiro, nórdico e com pose de bom moço, Alemão chegou de mansinho no BBB, tentando ser amigo de toda casa.

Vale lembrar que o grande destaque da primeira semana foi Alberto Cowboy.

O futuro vilão do BBB7 foi realmente engraçado e divertido nos primeiros dias, se destacando e chamando atenção do pessoal de dentro da casa.

Alemão, que de bobo não tinha nada, chegou a flertar uma amizade com Alberto. Ao conquistar o primeiro anjo do jogo, Diego imunizou o Cowboy ficando de bem com todos dentro e fora da casa.

É de explodir a cabeça de lembrar disso, mas é verdade, Alemão deu um anjo pro Cowboy.

ale1

Ali, já podíamos enxergar um instinto vaselina no Alemão. Se era o Alberto que se destacava, então era por ali que Diego queria ficar por perto.

Não acho que Diego foi jogador desses de marcar história, mas ele teve muitos méritos.

Soube tatear o jogo, tomar cuidado pra evitar grandes polêmicas iniciais e se manteve sempre aonde ele enxergava que o público estaria.

E acima de tudo, Diego tinha carisma. Isso é sempre uma grande arma num BBB.

Com um jeitão playboy rei do camarote, Alemão alternava entre momentos de festas na piscina e atrocidades machistas. Mas como em todo filme americano, o capitão do time de futebol apesar de babaca é sempre o mais popular da escola.

Ao formar um enredo de um triângulo de amizade colorida, a coisa ficou perfeita pra edição montar a sua novelinha.

Material do Diego sorrindo, cantando e pulando feliz no meio de suas duas mulheres não faltavam, e a edição soube se aproveitar disso.

fani2

Aliás, esse BBB foi marcado por uma incrível coincidência:

Todo grupinho “dubem” Alemão, Iris, Fani e Flavinha eram loiros.

Já o povo “dumal” Alberto, Airton, Carol brigadeirão, Bruno Jota, eram morenos.

Mas fato é que Alberto surtou quando viu que o triangulo era popular e entrou numa verdadeira obsessão pra eliminar os três.

Se Alberto começou a primeira semana extrovertido e sorridente, ele se transformou numa pessoa pesada e de semblante carrancudo.

Convocou toda sua tropa pra montar os paredões colocando sempre 2 loiros na forca.

A partir daí, a guerra se declarou e Alemão soube fazer o papel de príncipe justiceiro que se vingaria da morte de suas loiras.

Gol da Alemanha!

Big Brother Brasil 7

Lembro de uma tia do café no meu antigo trabalho comentar uma frase que me marcou:

“O Alemão merece o milhão porque ele tá sofrendo tanto naquela casa”

Sofrendo??? SO-FREN-DO???

O cara tava curtindo uma piscina com 2 loiras gostosas no colo, aparecendo no horário nobre da Globo e a tiazinha vem me falar que ele tava sofrendo??

Imagina quem acorda as 5 da manha pra pegar um busão pro trabalho. Explodiu a escala de sofrimento.

Mas sofrendo ou não, Diego enxergou o caminho pro pote de ouro e soube fazer jogo externo pro público, enquanto Alberto ficou cego em suas estratégias.

Pra piorar a imagem do Alberto, não podemos deixar de citar o WTF pacto de sangue que ele fez com Felipe Cobra.

Sem noção mandou lembranças.

Cowboy conseguiu executar seu plano e eliminou todos loiros da panelinha rival. Mas esbarrou no pequeno detalhe que o último restante teria todo carinho do público.

Quando só restou Diego do grupo dos loiros, o público era quase unanime a favor do Alemão, que passou a golear com mais de 80% em todos os paredões.

Mas o ponto máximo do BBB7 e talvez da história do BBB, foi a épica prova da gaiola.

alberto-cauboi-a-esq-foi-o-vilao-do-bbb-7-contra-o-mocinho-diego-alemao-original

Alemão e Cowboy, no auge da guerra fria, se enfrentando numa prova de resistência presos dentro de uma mesma gaiola com espaço limitado, por horas, dias e semanas.

Alguém sabe quantas horas foram? Acho que 17 horas.

Uma médica chegou a entrar na casa pra dar isotônicos pros dois gladiadores da gaiola, e no final, como todos se lembram, Alemão acabou desistindo e parabenizando o rival Alberto.

Outros fatos que também marcaram foram:

  • Analy e seu “Eu veto sim, Bial”
  • A briga entre Airton e Almeão por causa da sunga branca
  • E uma liderança cancelada do Airton após 15 horas de prova que me deu pena dele.

 

No final, Alemanha ganhou a copa e Diego entrou pro Hall dos nomes mais lembrados da história do BBB.

Gol da Alemanha!

Anúncios

15 comentários em “Retrô BBB7 – Alemão 7×1

  1. Eu não suportava o alemão e irislene, mas também tinha arco do Cawboy e seus aliados homens(Felipe e Airton). Lembro do dia da formação do paredão da Iris e do Alemão o Bial visivelmente frustrado, e durante o paredão a programação da Globo dizendo que era um paredão de cortar o coração, só de lembrar da Ancia. uma coisa interessante de se frisar também é que Esse BBB foi o pioneiro em colocar um elenco só de modeletes e novinhos esteriotipados, desde aí o BBB passou a esquecer de pessoas “Comuns”

    Curtir

    1. irislene é o tipo de participante q me irrita profundamente

      nao curtia o alemao, mas ele tinha mt carisma e soube agarrar a oportunidade quando caiu no colo dele

      esse paredao iris e alemao a ediçao tratou como se fosse fim de novela, fizeram uma comoção

      Curtir

  2. “Eu veto sim Bial” me dói até hoje lembrar da voz da Analy! A prova que deu o Anjo para a Iris também foi épica, porque foi uma prova do Anjo de resistência, e ela ficou cantarolando, e berrando no ouvido de alguém que não me recordo! kkkkkkkkkk
    Meu segundo melhor BBB, sem dúvidas! Amava a turminha se dando mal! E amava o Bruno J, depois de amar o Alemão! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  3. O que eu mais gosto é que o sofá (e Sonia Abrão, que so falava disso na época) estavam doidos pro paredão Alemão x Alberto pra meter uma rejeição enorme nele no cowboy, só que isso nunca aconteceu. Lembro até hoje do povo frustado quando o paredão foi Alberto e Analy HAHAHAHAHA.

    Curtir

  4. Adorei o BBB7 até agora o melhor ! O BBB 9 tbm foi ótimo ! Mas o 7 imbativel ! Alemão inteligente sou be usar as dicas que o Bial . Minha preferida era a Siri infelizmente saiu na metade do programa . Foi divertido Fani com Alemão livre querendo pegá-lo e os blogs bobando. Alemão continuou jogando bem com a novelinha amor pela Siri alimentado aqui fora pela torcida eu era das que queria Alemão e Siri aqui fora rsrs Enfim jogão ! Alberto e sua turma promovendo uma disputa acirrada , eu o o odiei na época kkkk

    Curtir

  5. Essa edição foi a que menos gostei, das que segui. Detestava o alemão, detestava as loiras do alemão e detestava principalmente o sofá comprando o ~sofrimento~ do alemão. Sério, qual o problema desse povo?
    E a iris, socorro, que pessoa insuportável tentando ser reboot de Grazi. Ela só esqueceu que não tinha o que grazi tinha: espontaneidade.

    Curtir

  6. Foi o único bbb que eu fui caprichete kkkk.Torci como louca por Siri e Alemão, e vibrei que finalmente rolou o beijo quando Alemao venceu.E tive vontade de esganar a Fani,quando ela tirou o seu da reta na noite da formação do paredão de Siri e Alemão e morri de raiva da Analy com o seu veto.Cowboy tinha tudo para dar certo,mas se perdeu no seu jogo .Mas ele conseguiu a proeza de ser o único Cowboy vilão, já que os das outras edições eram coração bao.

    Curtir

  7. Carol Brigadeirão foi a sensação. 19 anos na época e arrasadora. Ela ajudava a fomentar a rivalidade e incentivava a combinação. Ela não jogou errado em nenhum momento. A Analy, que deveria ter escolhido a Bruna, ´perdeu o terceiro lugar. O Bial defendia tanto a Marianna do BBB6 e era implacável com a Carol. O momento MAIS ESCROTO foi a briga da cueca, onde o Alemão ameaçou tirar a calcinha dela. Bial esculachou a Carol ao vivo.Em seguida veio o “veto, sim, Bial”.
    O que estragou o jogo foram as porcentagens reveladas nos paredões. Foi o último BBB que isso ocorreu.Alemão e Irirs tiravam concorrentes legais e carismáticos como o Fernando Justin, Alan Pierre, Bruno, Flávia com mais de 70%. Tava muito na cara.
    O ponto decisivo pro Alberto surtar foi mostrado apenas no PPV.Alemão queria indicar o Bruno porque ele tinha herpes. A Iris influenciou a indicar o Cobra, porque ela tinha uma quedinha pelo Bruno e o Alemão tinha se decidido pela Fani, depois da festa italiana. Daí, ela armou o paredão Cobra x Alberto.
    Então, só a Iris quis botar o Alberto pra fora. Fani e Alemão estavam muito de boa com ele.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s