Dancing Brasil #9

Olá, passageiros! Essa semana o blog está de luto porque perdemos a favorita do @pilotandotv, mas tivemos um ótimo programa. Muitas danças boas, número ótimo dos jurados, que apresentaram um pedacinho do musical Chicago, teve até Sergio Marone usando o Descamisado Card numa das apresentações.

Captura de Tela 2017-05-30 às 12.33.45

Também ficou bem evidente que rola tretinha nos bastidores, teve participante deselegante, teve climão, teve eliminação, teve de tudo… Ontem foi mais reality show do que competição de dança – e olha que como já falei, teve dança! E boa.

Aliás, na semana 9, os participantes mostraram que evoluíram muito nessa temporada. E agora, qualquer deslize é fatal.

Vamos ver o que rolou no Dancing Brasil #9 por mim, @paypervitu, pelo @luguicosta e pelo @luizcmorais!

Leo e Dani (Jive)

Captura de Tela 2017-05-30 às 13.08.01

Vitu: Show. A apresentação do Leo essa semana foi impecável. Postura, ritmo, equilíbrio, sem exagero, sincronia. Fez um ótimo trabalho de pernas e o corpo todo acompanhou. Alongamento perfeito, movimentos com qualidade, coreografia dinâmica, rápida, bem feita e bem executada. Os contratempos foram perfeitos, tudo bem dentro da música, bem casado. Passos finalizados e links entre um e outro bem encaixados.

Foi um belo número, que poderia fazer parte de qualquer musical tranquilamente. Fiquei um pouco preocupado com os pés e na hora que eles dançaram em cima da mesa de sinuca tinha um taco bem ali no meio. Se alguém pisa ia ser O tombo! Mas o dançarino da finada Fabiola Gadelha fez a bem e tirou.  Teve um pequeno desequilíbrio na pose final. Nota 9

Lugui: Finalmente não faltou jive e fizeram o melhor jive da temporada. Léo com essa roupa de catchup ambulante se livrou do bronzeamento e mandou bem no jive, acertou bem nos pés e na movimentação do ritmo em uma coreografia que explorou bem o palco e os elementos cênicos. Léo tava fazendo tanta força pra dançar que se respirasse um pouco mais forte ia explodir, mas essa dança permitia essa expressividade (pra não dizer caricatura forçada) sem comprometer a apresentação. Léo parece que se estabilizou na competição e voltou a ser forte candidato à final, pra minha insatisfação mas pra alegria da vovó Piloto. Nota 10

Luiz: Paige VanZant e Mark Ballas devem estar com vergonha uma hora dessas. A música é clássica pro Jive, não tem como dar errado em relação a isso. O ritmo é rápido e preciso e o Léo não soube executar os chutes. Sola do pé espalmada, nada de pé ponteado e pouca agilidade nas pernas pros chutes. Como diria Jaime, faltou Jive.

O resto também me deu agonia. A mesa de sinuca não dá estabilidade ou aderência alguma pra dança, poderia ter tido um acidente. Os tacos estavam na mesa e em determinado comento, a Dani quase pisou neles. Outro quase acidente. Eu fiquei tenso assistindo. Nota 7

Bianca e Tutu (Samba)

Captura de Tela 2017-05-30 às 13.44.17

Vitu: Achei que o principal problema dessa vez foi a coreografia. Não ornou nada com a música, que era um Disco. Muito teatrinho na introdução e já começou com um passo que eu, particularmente, ODEIO: o da boneca de pano. Eu adoro o Tutu, mas parece que ele faz as coreografias pra ele dançar. Talvez não tenha respeitado algumas limitações que a Bianca ainda tem para poder mostrar o quão bom bailarino ele é.

A Bianca pecou no alongamento. Achei que faltou um pouco mais de rapidez, característica do Samba. Faltou mais perna, faltou mais quadril… Faltaram bons links entre passos, uma linearidade e fluidez. Eles se perderam em alguns contratempos. Foi uma coreografia “dança – para – agora é o quê? – dança – para – agora é o quê?”. Pra mim, o melhor foi quando a Bianca fazia solo. Nota 6

Lugui: Bianca era a gringa que veio pro Carnaval e ficou bêbada de caipirinha. A história foi a seguinte: A gringa começou a sambar historicamente, bem alegrinha. Depois deu PT e ficou molenga e veio Tutu acordar e coloca ela pra dançar bem desengonçada e ainda de ressaca. Fiquei constrangido? Bastante! Tiveram bons momentos? Poucos, mas existiram com o avançar da apresentação. O grande problema foi uma coreografia extremamente teatral que só ressaltou todas as fragilidades da Bianca. Ela começou bem a competição mas desceu um ladeira sem fim em termos de qualidade. Nota 5

Luiz: Merece a eliminação só pelo passo da boneca de pano. Que palhaçada usar um passo desses nessa altura da competição.

Que coreografia chata. Tudo parado, tava mais pra dois pra lá e dois pra cá do que samba. Lento demais e no final rápido demais. A melhor parte foram os lifts, que são proibidos. Fora isso, foi chato, sem criatividade. Não parecia nem samba internacional, nem samba de gafieira. Bianca continua fazendo um passo em cima do outro, sem finalizar direito. Muito teatro e mi mi mi. Nota 7

Mika e Bárbara (Bolero)

Captura de Tela 2017-05-30 às 16.24.50

Vitu: Mika, Mika… Ele ainda continua dando o migué de que dança. A parceira dele encobre a dança dele e assim como o Tutu fazia com a Bianca, a Bárbara faz com o Mika: a coreografia é totalmente pra ela. O Mika é sempre o suporte da bailarina e só. Os passos dele pecam muito no acabamento. Ele não consegue alongar para finalizar o passo, sempre interrompe, ou pelo menos é essa a sensação que me dá.

A postura dele curvada, ainda não foi melhorada. Sabe festa de 15 anos que o príncipe tá ali pro número, mas só pra deixar a debutante brilhar? É assim em todas as danças mais lentas dele. Bárbara querendo brilhar e anulando o Mika. Por isso ele não tem muitos movimentos, não tem muitos passos e, consequentemente, não tem muitos erros. Faltou sincronia e sintonia. Teve até alguns errinhos coreográficos, teve mão na xereca e faltou dança. Nota 6

Obs: Eles dançaram uma das minhas músicas preferidas da vida: ‘How can I go on’, do Freddie Mercury.

Lugui: Quando você é ator e chamam um professor pra te ensinar interpretação, talvez seja hora de repensar a carreira. Mika é um poste com tanquinho, ele só serve pra dar palco pra Bárbara dançar e qualquer um poderia estar ali no lugar dele!

Até agora Mika não aprendeu nem a mexer os braços, só que a professora é inteligente e disfarça ao máximo na coreografia! O pior de tudo: nem com aula, a interpretação ficou boa: a música era ótima mas faltou química, física e biologia entre o casal. Na próxima, chamem a Tânia Alves pra ensinar o Mika a fazer carão! Nota 6

Luiz: Pra mim o bolero é tipo uma rumba mais movimentada. Nesse quesito, mostrou a que veio.

Se trocassem o Mika por um poste e mandassem a Barbara dançar com ele, a única diferença é que seria pole dance. A presença dele aí foi super descartável. Ele andou seguindo a Barbara, esticou o braço se segurou ela pra fazer uns lifts. Não teve quadril, não teve sentimento algum, não teve musicalidade. Foi morto. Parabéns pra Barbara que fez uma coreografia ótima, mas só pra ela. Nota 6 

Maytê e Paulo Victor

Captura de Tela 2017-05-30 às 16.51.38

Vitu: Coreografia excelente e ficou sensacional com o arranjo da música. Tudo encaixadinho. A cada apresentação, Paulo Victor só mostra o quanto ele é bom, talentoso e ótimo coreógrafo. Samba com os elementos de Samba, passos característicos e ágeis, ótimo. No entanto, a Maytê não consegue acompanhar o Paulo algumas vezes e eles perdem a sincronia. Um exemplo é no passo dessa foto que ilustra o casal, parece q ela tá um tempo atrás dele.

Às vezes sinto tanto a competição nela, a vontade de ganhar, de ser melhor que os outros, que a dança fica em segundo plano. No geral, foi uma apresentação muito boa. Nota 9

Lugui: Casal Patê está vivo novamente. Nós esperamos a volta do casal mais do que a Maytê, que ainda tá bem revoltada de ter sido exposta na dança péssima com Téo. Eis que ela volta relembrando sua semana de solteira, e sambou ao som de Single Ladies. Mas sambou literalmente na cara dos adversários e na cara do Téo.

Foi a melhor coreografia de samba da temporada, os movimentos foram perfeitos e Maytê voltou a sua melhor forma. Mas o grande destaque novamente foi Paulo Victor, que foi excelente desde a concepção até a execução dessa apresentação, e ainda mandou um “eu amo ela” pra alegrar as caprichetes (não antes do shade da Maytê pro Téo dizendo que dançou com o melhor professor do programa). Nota 10

Luiz: Maytê e Paulo são um par maravilhoso. Não interessa o que acontece nos bastidores, mas essa química dos dois faz toda a diferença.

Essa samba já foi mais dinâmico, com mais movimentos, passos característicos e muito mais ginga. A dança começou e terminou junto com a música, sem firulas, sem perder tempo. Uma única coisa me incomodou e foi uns tempos parados que um deles ficava enquanto o outro dançava. Mas também é pedir muito que eles se mantivessem em movimento o tempo todo numa dança ágil com foi essa. Pisa menos, Maytê. Nota 9

Sheila e Marcelo (Paso Doble)

Captura de Tela 2017-05-30 às 17.06.28

Vitu: Segundo show da noite. Achei maravilhosa a entrega dos dois com o Bolero de Ravel. A precisão exigida pelo Paso Doble, a dramaticidade, a carga pesada que esse ritmo exige estavam presentes a todo momento na dança. Dança. Teve o tempo todo.

Postura, expressão corporal, contratempos, acabamento e finalizações. Tudo muito bem feito, foi entretenimento e técnica do começo ao fim. Marcelo evoluiu muito como coreógrafo ao longo do programa. Foi uma dança limpa, bem contada, correta e que me faz querer ver de novo. Nota 10

Lugui: Sheila estava bem emocionada ao dançar uma música que ela não pode dançar no passado porque seus pais disseram que “domingo ela não vai, vai, vai”. Sheila tem a melhor técnica do programa e fez um paso doble perfeito, sem nenhum erro. Esse ritmo é um dos meus favoritos e talvez tenha sido a melhor performance da Sheila no programa.

Apresentação à parte, Sheila sempre tem um embuste na sua vida desde os tempos de Compadre Washington, e no Dancing o embuste maior é o Marcelo: a dança foi boa por causa da perfeição da Sheila, mas a coreografia poderia ter sido ainda melhor. Na reta final, isso pode ser o desempate que dará o trofeu pro Paulo Victor com a Maytê. Nota 10

Luiz: É incrível como esse professor é ruim. A Sheila tem mais técnica, força e precisão que ele.

O Paso é um dos meus estilos favoritos e não fiquei tão decepcionado. Teve força, luta, a história do toureiro com a capa e até uns passos mais intricados. Linhas espanholas super presentes e bem executadas. Os lifts não são permitidos, mas deu pra ver que eles estavam em sintonia e isso é essencial no Paso. Pra mim a Sheila volta na próxima temporada como professora. Nota 9

Jade e Téo (Rumba)

Captura de Tela 2017-05-30 às 17.25.16

Vitu: Jade cresceu tanto ao longo desse programa. Depois de dançar com o Paulo, então, mostrou que há uma flexibilidade muito grande para essas coreografias lentas. O Téo não é muito criativo nas coreografias, mas essa foi a melhor coreografia que ele fez. Os acabamentos, a limpeza coreográfica, o desenho da dança, gostei muito da dança e apesar de parecer uma extensão da semana passada, cumpriu exatamente o que precisava.

A Rumba é a dança mais lenta das danças de salão latino-americanas e nessa coreografia cumpriu bem o seu papel de jogo de sedução entre homem e mulher. Contou uma história de amor entre o casal, que é a proposta desse ritmo. Essa Rumba romântica trabalha mais a expressão corporal do que qualquer trabalho e movimento de pés. Faltou só um pouco mais de alongamento nas finalizações. Nota 9

Lugui: Pior do que ter que deixar o Paulo Victor e voltar pro Teo, é voltar pro Teo e ainda ter que dar um beijo nele. Jade não é Lana Del Rey mas com certeza queria estar morta. Jade dançou uma continuação da apresentação passada, que Téo só reciclou e botou meia dúzia de passos de rumba, já que ele não é o melhor professor do programa (beijos de vocêsabequem). Jade foi a participante que mais cresceu no programa e é nítido o quanto ela está mais à vontade nas apresentações, só precisa prestar mais atenção nas finalizações dos passos pra estar perfeita. O próximo passo é continuar se destacando assim nos próximos ritmos pois o nível tá muito alto e erros pequenos podem tirar qualquer um da competição. Nota 9

Luiz: Atacando mais uma vez de agente da segurança do trabalho: pelo amor de Deus, quem deixou eles dançarem num piso de madeira com folhas e flores ainda vivas. Pisou, saiu água, escorregou. Olha os acidentes, meu povo.

Pra virar um contemporary só faltou o nome. Porém, ainda teve muita rumba. Muito romance, até beijo teve. O quadril da Jade foi excelente, o que é muito difícil pela postura de ginasta e a história contada por eles fez sentido. Foi uma rumba mais crua, com os pés descalços, mais foi ideal pra música dada a eles. Nota 9

Considerações

Vitu: Gostei muito do programa. Cheio de elementos pra não cair na mesmice, número dos jurados, que eu adorei, as danças em geral, o número do Marone e dos técnicos… A zona de risco e até a eliminação, que poderia ser tanto a Bianca quanto o Mika, foi justa. Mas ainda não cheguei à conclusão do que é pior: dançar mal ou não dançar.

Uma das grandes polêmicas da noite foi a Maytê, que jogou toda a culpa no Teo dos erros da semana anterior. Foi extremamente deselegante e arrogante ao dizer que seria injusto caso ela fosse eliminada. Acho péssima essa vibe Paloma Bernardi.

Dizer que trabalhou sozinha na outra apresentação (mesmo que fosse, não fez bem já que teve muito solo e o desempenho foi medíocre), isso tudo, claro, depois de dizer na cara de todos que o Paulo Victor é o melhor bailarino do programa, logo após ter dançado com o Téo. Não digo que seja mentira nada do que ela tenha falado, mas foi no mínimo deselegante e agressivo. Acho muito feio desmerecer o trabalho de alguém na frente de todo mundo, por pior que tenha sido. Não é o quê se fala, mas a forma que se fala.

Talvez a Maytê tenha que prestar mais atenção em corrigir os errinhos que ela ainda tem e não fazer transferência de culpa. Acho que a vitória do programa fica entre Sheila e Maytê, com Mika, que tem seu fã clube rebelde correndo por fora. Será que as caprichetes vão dominar um reality de dança também?

Lugui: Hoje botaram todo mundo pra dançar. Faltou jive na dança do Jaime, mas a gente perdoa porque ele dançou tango. Fernanda Chamma fez a Tânia e ficou só no desfile e carão e ainda arrastou o Paulinho, que botou os braços de socadeira pra jogo! Sérgio Marone resolveu dançar, talvez pra mostrar que tem uma coisa que ela faça pior do que apresentar um programa. Xuxa foi a única que não dançou, só fez cosplay das mulheres girafa da Tailândia que usam argolas no pescoço.

A zona de risco foi justa. Mika e Bianca não se destacaram nas duas últimas apresentações e Maytê acabou ali pelo legado da troca de casais e nos rendeu mais uma pérola ao ser perguntada sobre qual lição levaria se fosse eliminada: “que a vida não é justa!” HAHAHAHA Pela primeira vez votei nesse programa e graças a Deus casal Patê foi salvo. Infelizmente Bianca foi eliminada, mas isso mais cedo ou mais tarde ia acontecer, devido à sua irregularidade nas últimas performances.

Luiz: Mika e Bianca mereciam a zona de risco. Por mim ele é o próximo a sair e deixo minhas 3 notas 9 de hoje pra irem à final. Achei ótimo o descamisado card dessa semana. Talvez só assim pra manterem Sérgio Marone no programa.

Estamos afunilando cada vez mais no programa e se eles não ficarem aumentando os níveis das danças, vão sair com mais facilidade. Chegamos na hora do programa que já deveriam ser 2 danças por casal e espero isso na próxima semana. Se virem.

Captura de Tela 2017-05-31 às 11.22.23

Momento Tânia Alves by Lugui

A gente sabe que a carreira de cantora da Tânia é tão boa quanto ela fazendo carão no Dancing Brasil. Com roupinha de pirivelha, ela tentou sensualizar nessa canção que era praticamente a descrição de um pacto. Xuxa curtiu isso! Nessa ritual de magia negra, só que sem nada de mágico, eu amo que ela evoca forças ocultas fazendo cara sensual, talvez essa força tenha uns 18 cm. Bom, pelo o corpo e o carão já tavam funcionando naquela época…

Por hoje é só, pessoal!

Ah, e os produtores da BBC de Londres vieram ao Brasil há algumas semanas pra acompanhar o Dancing Brasil de perto e gostaram tanto da produção, que convidaram a Xuxa pra apresentar a versão latina da franquia. A atração vai se chamar Bailando e será exibida para 20 países da América Latina – o Brasil não está incluído – e quem já vai fazer parte do casting é Gabriela Spánic, a nossa eterna usurpadora Paola Bracho.

Na próxima semana do Dancing teremos Festa Junina como tema e vai ter número musical de Daniel. Uma pena não termos a saudosa Tânia Alves de noivinha junina com cara de veado que viu katinguelê. Até lá!

Anúncios

7 comentários em “Dancing Brasil #9

  1. Estou de luto também; concordo com todos os comentários exceto os da Bianca – que foi injustiçada, como não tenho senso critico em relação a ela, digo que ela teve poucos contratempos na dança e foi meio estranho o numero da boneca de pano; mas precisavam eliminar??
    Tb senti uma vibe Paloma Bernardi na Mayte, alguma coisa nela não me desce; achei perfeita a dança da Sheila Melo, vi graça, elegância, ritmo, entretenimento.
    A performance dos jurados estava pior que a da Bianca -razão pela qual não deveria ter sido eliminada; será que Sergio Marone esta no programa esse tempo todo apenas pra mostrar o abdomen??
    Lugui beira a perfeição sua observação “Sérgio Marone resolveu dançar, talvez pra mostrar que tem uma coisa que ela faça pior do que apresentar um programa”; será que não tem como fazer um abaixo assinado pedindo a eliminação dele e a volta da Bianca??
    Leo me surpreendeu, Mika foi mais do mesmo ou nada, Maytê personificou a arrogância e nem foi tudo isso, Sheila passa a ser minha torcida pq tem elegância, beleza, carisma, presença de palco (praticamente uma Bianca Rinaldi mas infelizmente como ela não pode ser a Bianca meu coração segue enlutado por tamanha injustiça,,,)

    Curtir

  2. Fiquei duas semanas sem assistir direito, salvo alguns vídeos no youtube, e vou fingir que essa polêmica da Maytê, foi só uma dessas merdas que a gente fala sem pensar. Porque como diz o Lugui “Casal Patê está vivo novamente.”. Como não vi muita coisa, não vou julgar, só achei que a Bianca estava escorregando fazia tempos nas coreografias, e a diferença de 3 pontos para o Mika que era o segundo pior colocado só provou que era a hora dela mesmo. Espero não dormir na próxima semana e conseguir assistir, kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  3. Aiiii o meu Léo queridinho arrasou…e até vcs se renderam à ele !!!
    Tendo em vista isto rs….vou ceder e concordar com vcs em relação ao Mika…ele estava lá para ser o poste da Bárbara…
    Sei que vcs gostam da Bianca…mas ela estava pedindo isto…na hora que vi a dança já sabia que seria ela…foi td isto que vcs falaram com destaque para a boneca de pano…fiquei com vergonha alheia…rsss
    Justo terem ficado de fora da zona de risco o Leo, Sheila (arrasou tb….vi a dança mais 3x na internet de tão forte e linda) e Jade ….apesar que a dança da Maitê tb foi top…mas graças ao Paulo Vitor que já provou ser o melhor…apesar de ser desnecessário ela falar isto em rede nacional…
    Aliás…apesar da Maitê ter razão….totalmente indelicado o comentário de garotinha mimimi….

    Quanto ao restante :
    os jurados…bem fraquinha a dança….mas tb né…estão meio velhinhos para grandes performances…então foi digamos uma dança fofinha rs
    Sérgio Marone…o que fez foi suficiente….fez do palco a sua passarela….porque ele não precisa fazer nada….basta existir….ele realmente é o Horus vivo kkkkk
    e fiquei pensando….em td isto…quem realmente estão de parabéns são os bailarinos…além de treinarem os artistas…ainda dançaram 3 vezes….e a última dança foi show !
    para finalizar a Xuxa foi muito fofa…dizendo para sair ela e o Juno, para não eliminar ninguém rs

    Curtido por 1 pessoa

  4. Esse programa vale só pelos valores de produção pois no quesito artístico tá de matar. Achei o número do Chicago a maior demonstração sobre porque os jurados só avaliam: zero carisma pra entreter. AHHAHAHA! O que era o Paulo fazendo sassy hands? Minha mãe ia morrer se visse aquilo. HAHAHAHHA.

    E o que foi a dança do Sergio Marone? Parecia padrinho de casamento bêbado estragando a coreografia de grupo que ele não apareceu pra ensaiar! A Record insiste mesmo nesse idiota, hein? Querem transformá-lo num novo Raodrigo Faro. Olha, com esse carisma de quiabo, não vai dar. Aquela dança foi tão VA que PQP! Fiquei pensando o tempo todo: o Luiz deve estar tendo um ataque vendo isso. Mas ele curtiu pq foi descamisado. Hahahha então tá, né!

    E eu me senti Dentista Dinah de novo! Eis que semana passada, eu disse: o tal Tutu é surtado e constrói coreografias que ELE quer dançar, e não que vá beneficiar a estrela. Eis que Vitu vem essa semana e solta: “adoro o Tutu, mas parece que ele faz as coreografias pra ele dançar”. AHUEHUAEHUAEHUHUAEHU

    E a maior verdade essa semana foi dita por Luiz: “Se trocassem o Mika por um poste e mandassem a Barbara dançar com ele, a única diferença é que seria pole dance”.

    Verdade maior quase nunca li! Mas acredito na receita do Lugui: na próxima, chamem a Tânia Alves pra ensinar o Mika a fazer carão! – AUHEHUAEHUAUHEHUAEHU

    Se bem que nem carão o Mika vai conseguir fazer sem dar migué, né Vitu?

    E falando em Lugui, vamos pras pérolas Luguiesca da semana:

    Tudo o que ele disse ao começar com “Faltou jive na dança do Jaime…” até “… mulheres girafa da Tailândia que usam argolas no pescoço.” Parágrafo impecável.

    E olha, discordo de todos vocês: Maytê não pisou coisa alguma. Foi no máximo correta e atrasadinha como Vitu observou. Aliás, eu que cantei no post de estréia que ela seria finalista, agora torço pra que ela seja eliminada! Ela deu 3 mega foras imperdoáveis na segunda:

    – falou que tinha o melhor professor (e Sergio Marone aproveitou pra mostrar, pelo menos uma vez na vida, que sabe ser esperto e contou pra gente que saiu vaia atrás da Maytê após ela declarar tal coisa)

    – falou que dançou sozinha.

    – fez carinha de putinha contrariada e falou que a vida não é justa. Mimada do c@r@lho!

    Nunca entendi porque essa guria não conseguia papéis de destaque. Acho eficiente como atriz, nas poucas coisas que vi, e acho gatíssima. Porém, é gostosinha mas ordinária! Entendi tudo! Imagina trabalhar com um ego desses? Sem contar que, sim, ela tem mesmo o melhor professor, mas e daí? Ela não é melhor que a Sheila que, se tiver sorte, consegue que o professor soneca dê uma acordada e bote pra quebrar. E a idiota da Maytê ainda vai e fala no programa que ela é atriz, sem treino de dança (olha o shade nas colegas treinadas), que não tem experiência, e que portanto merecia mais. Ridícula.! Os colegas de elenco deveriam dar um gelo nela. O Téo aposto que ficou bem magoado. Mas isso é bom pra ele tentar acordar também e ver se consegue se tirar da zona de conforto. Nunca fui Patê, mas torcia pra ela também. Agora torço pra que ela caia de fuça no chão, e nessa história de Patê, sou só “Pa” e torço pra que os produtores da BBC o tenham notado e já contratado. Sandálias da humildade em vc, Maytê! (Me xinguem e me julguem, mas acho isso mesmo).

    P.S.- Lugui, vc nem atendeu meu pedido que fiz na semana passada. Vou ligar no SAC de PilotandoTV pra reclamar.

    Curtido por 1 pessoa

    1. “Nessa história de Patê, sou só “Pa” e torço pra que os produtores da BBC o tenham notado e já contratado.”

      Nossa, o Paulo Victor como técnico no DWTS americano (ou mesmo no Strictly) seria uma coisa maravilhosa. Não sei se ele sabe falar inglês suficientemente, mas tipo… Esses dias eu ando imaginando como seria se ele fosse chamado pela ABC pra ser técnico na próxima temporada do DWTS americano. Como seria ver ele dançando com os outros profissionais da versão americana… Só de imaginar ele dançando cha-cha-cha coladinho com a Sharna Burgess, já perco o fôlego. Confesso até que preferiria que ele roubasse a vaga do Gleb próxima temporada…

      Curtir

  5. Nunca comento sobre Dancing, porque não entendo nada de dança de lifts, nem sei o que é isso, só sei se foi bonito ou empolgante ou coisa que o vaila, mas leio todos os posts porque além de fazer-me entender melhor ainda me mato de rir, chego a doer a barriga, essa do poste de pole da Barbara foi pra acabar, num guentooo. Cara vocês são muito engraçados! em tempo também não curti Maithe super deselegante desmerecendo o Teo, e acho que ele quer o Paulo Victor pra ela, só acho.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Concordo com quase tudo que foi dito na avaliação dos especialistas, a questão da Maytê achei um pouco exagero dela.. mas não tiro sua razão. ela só foi pra zona de risco pela pessima escolha de ritmo e coreografia do téo, alias tem coitadismo no ar.. de quem ja sabe dançar. apelar pra historinha choramingar e ter torcida organizada no estúdio pra apraudir até um pum dela é podre.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s